quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Baleias Franca

Deixo aqui um registro quando da minha passagem na praia da Gamboa no fim de semana do Montain Do - praia do Rosa em Imbituba. As baleias franca que nessa época visitam o litoral catarinense juntamente com seus filhotes.

Fotos by Nikon D3100 e lente Sigma 300mm.
  

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Mountain Do Praia do Rosa, prova realmente imperdível

Na edição de janeiro da Contra-Relógio, o Mountain Do Praia do Rosa foi escolhido como uma das 20 provas imperdíveis de 2012 na categoria “para ir com a família”. E a terceira edição comprovou essa votação. Destaque tanto para a BELEZA natural do litoral catarinense quanto para as dificuldades do trajeto. A prova, disputada na tarde do último sábado (dia 25), ainda bateu o recorde de concluintes, com 856 corredores completando uma das três distâncias: 4 km (146), 9 km (341) e 18 km (369 corredores).

O percurso realmente desafiou os participantes, mesclando estradas de terra, trechos em dunas, TRILHAS íngremes no meio da mata, subidas intermináveis e longos trajetos na praia, molhada pela garoa e pela mudança do clima, com a chegada de uma frente fria que trouxe ventos de até 70 km/h, o que inclusive gerou trabalho triplicado da organização na montagem da arena.
Nos 18 km, a prova principal, Leticia da Silva Saltori foi a primeira colocada, com 1h26. Entre os homens, Marcelo do Canto Zysko “voou” para VENCER com 1h12, mais de quatro minutos de vantagem para o segundo lugar, Anderson Gonçalves. Nos 9 km, os ganhadores foram Jéssica Santos e Rodrigo Quevedo.

Postado em: CORRIDAS DE MONTANHA (Revista Contra Relógio) por André Savazoni .

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Montain Do Praia do Rosa



Neste sábado, dia 25/08, participei do Montain Do Praia do Rosa em Imbituba. Cerca de 900 atletas coloriram o evento que contou com corridas de 4k, 9k e 18k. O clima estava nublado e com um vento frio, ótimo para correr. Foi minha primeira vez nesse tipo de corrida. A minha participação se deu nos 9k e já no primeiro km pude senti o que vinha pela frente quando um morador durante a nossa passagem gritou: - " Isso é para quem tem coração bão". E fui embora. A passagem pelas dunas foi o primeiro desafio. Uma sequência de subidas e descidas mais a areia fofa dava a sensação de que não saíamos do lugar. Entramos numa trilha, várias pessoas já estavam andando em decorrência das subidas íngremes. Em alguns trechos era difícil ultrapassar aqueles mais lentos. A parte mais lenta e mais bela da corrida foi o costão do Rosa próximo a praia. A subida pelo morro fez com que a maioria dos participantes ficassem sem fôlego. Apenas os atletas dos 18k que estevam competindo pelos primeiros lugares é que forçavam a passagem entre nós. A descida do morro perfazia 6k e depois era correr na estrada de chão, calçamento e estrada de chão novamente até a chegada. Meu tempo líquido ficou em 01:09:55 e 267 de 341 no geral (9k). Valeu! valeu pelos brindes e pela medalha de participação. E vamos correndo por aí...